Google+ Badge

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

UM AMOR TÃO AZUL QUANTO O MAR DO CARIBE



Eu não entendo o por quê
De algumas pessoas
Esconderem-se atrás de máscaras
Atrás de outras pessoas

Já é tão difícil
Entender um ao outro
Imagina entender o outro
Atrás de uma personagem

Eu queria poder
Entender você como é
E não esperar
Que as tuas máscaras caiam...

O amor deve nos conduzir
A uma transparência translúcida
Como se fosse o mar do Caribe
Onde você mergulha e vê o fundo...

Mário Feijó
22.01.10
Postar um comentário