Google+ Badge

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

ETERNO OU EFÊMERO?

E um dia quando o sol se apagar
Quero estar dormindo tranquilamente
Descansando de tudo o que fiz
E sendo perdoado por todos os erros cometidos...

Não quero lamentar meus erros/aprendizados
Nem quero saber dos teus pecados
Minha estrada foi longa e cansativa
Quero agora passear por outros céus...

Tudo é sempre tão efêmero
E meu corpo orbitando nesta galáxia
Mais efêmero ainda existem horas
Em que eu sou apenas um buraco negro...

Quero ressuscitar em outros tempos
Viver em outros corpos
Experimentar outros momentos
E quando cansar: apenas existir eternamente...

Mário Feijó
27.01.10

COMENTÁRIO: Existem dias em que o sol parece realmente ter se apagado e nos sentimos um verdadeiro buraco negro... Eu hoje sou assim, um buraco negro, consciente da sua existência... Deixo o tempo passar, enquanto procuro por minha eternidade...
Postar um comentário