Google+ Badge

sábado, 2 de janeiro de 2010

CONTIGO AO MEU LADO

Eu não queria que fosses apenas
A personagem que alimenta as minhas fantasias
Mas que fosses o ser presente todas as horas
Todos os dias da minha vida...

Eu não queria que fosses
Apenas um sonho, algo inatingível
Que eu anseio tocar mas aquele ser
Que me causa frisson
Que arrepia a minha pele
E que me faz sentir estar vivo...

Eu não queria que fosses
Apenas desejo e paixão
Mas que o teu amor
Fizesse o meu peito disparar
E o meu sangue vibrar de emoção
Toda vez que eu tocasse a tua pele
Cada vez que deitasses ao meu lado...

Mário Feijó
02.01.2010

Comentário: ah! o amor... ele faz nosso sangue disparar e o peito bater toda vez que estamos perto de quem mexe com a nossa química e a nossa fantasia...
Postar um comentário