Google+ Badge

domingo, 10 de janeiro de 2010

ALGUMAS PALAVRAS SÃO DARDOS ENVENENADOS

Sempre que eu via você
Os meus olhos faiscavam
Havia paixão neste olhar
E só você não via...

Era uma agonia
Queria ter você
Estar contigo e te tocar
Só não sei se você
Queria estar comigo...

Mas não me importava
Bastava te olhar
E tocar teu corpo
Parecia ser algo de consenso...

Agora vem você e diz
Que fazer amor comigo
Era algo obrigado...

Eu te digo que estas palavras
Foram dardos envenenados...

Estou morrendo aos poucos
Arrancar este amor do peito
É extrair a energia
Que me fazia viver...

Mário Feijó
10.01.10
Postar um comentário