Google+ Badge

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

TOCHA APAGADA

Acendi o fogo da paixão
Tocha acesa na mão
Esperei por ti na noite
Enfrentei o medo e a escuridão...

Tu não vieste porque não viste em mim
Aquele que poderia te dar amor
Mas eu me tornei mestre na arte de amar...

Exultarias em meus braços
No entanto o escuro da noite
Fez com que perdeste o caminho
Só que não devias me negar amor...

E o que restou de nós dois?
Nada além de uma tocha
Molhada pelas brumas da noite
Completamente apagada...

Mário Feijó
02.12.09

Comentário: Tem sim uma conotação sexual esta tocha. É que muitas vezes nos damos à alguém e este alguém também incentiva vc a se apaixonar, mas marca encontro e não aparece... Eu já passei por isto, ficar esperando morrendo de tesão e o encontro não dar certo porque a outra pessoa ficou com medo de arriscar... e por isto no outro poema escrevi que o amor tem que dar certo, quando a gente realmente ama... Eu não esperarei mais quando alguém disser estou indo às tantas horas e não aparecer, nem tampouco ficarei percorrendo lugares na cidade onde eu poderia encontrar tal pessoa... Mas isto já ficou lá atrás, na época onde precisava amadurecer, talvez por isto tenha passado por estas situações.
Postar um comentário