Google+ Badge

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

EU NÃO POSSO TE AMAR

Eu não quero te iludir
Mas eu não posso te amar
Eu sou teu amigo
É como se eu fosse teu irmão...

Eu não posso te amar
Minha vida já teve muitos amores
E amor não se impõe ao coração
Amor acontece e a gente nem sabe a razão...

Sei que não é suficiente
Nem é isto o que querias
Mas console-se: você nem me conhecia
Estás apenas em um período carente...

Não quero te ver sofrendo
Não é este o meu objetivo sendo carinhoso contigo
Por isto eu te digo: não tenhas esperanças –
Eu não posso te amar...

Mário Feijó
22.12.09

COMENTÁRIO: a maioria de nós é carente e alguns destes (homens ou mulheres) quando recebem uma atenção especial (é isto que faço com todos os amigos) logo pensam estar apaixonados e algumas mulheres logo começam a se atirar pra você (tem horas que a gente tem que se cuidar senão "comem" a gente. E nem sempre é isto que a gente quer... Eu penso que o mais fácil é ser claro e objetivo, como fui neste poema, para evitar futuros incomodos na sua vida pessoal. Tem gente que gosta de sair por aí galinhando mas eu não sou assim... então achei mais fácil colocar os pingos nos iiiiiiiis.
Postar um comentário