Google+ Badge

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

EU ESTOU MARAVILHADO...

Eu fiquei maravilhado pela primeira vez
Quando aos quatro anos ganhei um bolo de aniversário
Depois quando passei no vestibular, no dia em que
Cada um de meus filhos e netos nasceram...

Hoje eu aprendi a ficar maravilhado
Com as coisas grandiosas que Deus criou para nós
A começar com o nosso acordar para a vida
Ver o raiar e o pôr do sol, o desabrochar de uma flor,
A brisa suave nos dias de calor, com a energia grandiosa do mar,
A maravilha que são todos os seres vivos
A começar por pequenos insetos
Até a complexidade da vida de todos os seres...

Esta semana eu fiquei maravilhado
Com a reconciliação de uns tios com mais de 80 anos
E que em situações adversas havia se desentendido
Foi um momento de êxtase...

Eu fiquei maravilhado quando conheci
Um neto de apenas nove meses que eu não conhecia
Lindo, risonho, olhos azuis – parecia um anjo, não daqueles
Que nos protegem, este pedia proteção –

Há tanta coisa na vida
Para ser compreendida e tanto
Para se entender...

Enquanto isto eu estou maravilhado
Por estar vivendo, tendo saúde
E estar despertando para a vida...

Mário Feijó
07.12.09

Comentário: Mesmo maravilhado diante destas coisas que Deus nos presenteia todos os dias, eu não posso deixar de sofrer ao ver este mesmo anjo que eu não conhecia (filho de mãe drogada que o está deixando abandonado, junto com seu irmão, nas mãos de uma avó que não tem condições de criá-lo)... O que posso fazer? Se a mãe deixar eu o criareí, já crio outros netos, filhos de pais irresponsáveis... Mas fico entristecido, pois nem tudo podemos resolver assumindo a irresponsabilidade dos outros ou com algum dinheiro... No entanto não posso deixar de ver que também é um aprendizado e que tudo tem uma razão de ser, mesmo quando não compreendemos e não conseguimos naquele momento resolver...
Postar um comentário