Google+ Badge

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

SERÁ QUE FUI EU QUEM PERDEU UM AMIGO?

Existem pessoas que se revestem de uma casca
Que é difícil penetrar ou até mesmo só se aproximar
E tudo o que dizem parece ser uma verdade absoluta (para elas)
E nós quando tentamos ficar mais próximos, mais amigos,
Somos rejeitados porque também temos opinião
E a nossa naquele momento não concorda com a sua...

Será isto prepotência ou pressuposição de verdade absoluta?
Será isto rejeição da opinião dos outros, mesmo quando este outro
Está apenas querendo elogiar, enaltecer o seu trabalho?
Eu não sei e fico perdido quando sou mal interpretado...

Será por que quando só temos amor no coração
E queremos ser mais próximos algumas pessoas nos rejeitam
Achando que não estamos sendo verdadeiros?
Eu não consigo entender isto, e sofro...

Mas a vida tem dessas coisas
Eu até posso entender, pois não consigo
Conviver com a rejeição... Mas quem disse
Que era rejeição o que eu te dizia? Desculpe-me
Você não entendeu nada...

Sendo assim eu me pergunto:
Será que fui eu quem perdeu um amigo?

Mário Feijó
05.12.09

Comentário: Conheci um poeta aqui pela internet e trocavamos poemas. Eu adoro o trabalho dele e até reproduzi alguns de seus poemas em meus saraus. Dizia sempre isto a ele. Achava seus textos às vezes até parecido com os meus. Um dia resolvi dizer que eram lindos os seus trabalhos e que talvez eu só mudasse a forma de apresentar, pois isto é uma questão de estilo. Eu não estava diminuindo o trabalho do individuo, só estava dizendo que poderia ter dito aquilo e iria ser reconhecido por ter um estilo diferente, mas que o trabalho era muito bom. Não é que o homem ficou bravo comigo e ofendeu-se??? Eu não entendi, pedi desculpas, mas depois pensando bem eu é que fiquei chateado por ter sido mal entendido e nem ter tido condições de me explicar... Cruzes!!! Como tem gente difícil neste mundo...
Postar um comentário