Google+ Badge

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

CONTIGO (ZANGÃO E ABELHA)


Eu queria ser apenas um inseto
Para copular contigo – zangão e abelha –
Que copulam pela perpetuação da espécie
E não pelo prazer que o amor proporciona...
Mas o que fazer
Se o meu prazer
É contigo estar
E contigo copular?
Tão simples assim
Como se copular
Fosse apenas
Pular juntos...

Mas na direção de que?
Muitas vezes pelo prazer
Pulamos até no escuro
E nem sempre sabemos
Aonde vamos cair...

Mário Feijó
16.12.09

COMENTÁRIO: a vida é mais simples e nós às vezes complicamos. Quando a gente ama ou sente atração forte por alguém quer estar junto e fazer amor. Aqui neste texto o emprego do verbo copular não torna o texto pornográfico a meu ver, pois é um ato de amor entre animais que querem perpetuar a espécie e nós seres humanos muitas vezes copulamos por prazer até descobrir que aquela pessoa completa você, então a amamos. Durante muitos anos o sexo foi visto como algo sujo e pecaminoso (a igreja nos impõe isto mas seus pregadores fazem horrores, e isto a história e noticiários nos mostram). Eu fiquei encantado o dia que descobri que o zangão vive para copular uma única vez com a abelha rainha e depois morre - quer ato mais lindo de amor que este? Dar a sua própria vida pela continuação da espécie? Na minha concepção isto é um ato de amor...
Postar um comentário