Google+ Badge

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

FLORES DE HIBISCO




As flores de hibisco
Arrepiam-se excitadas
Quando bate o vento suave
Que lhes acariciam levemente 

Os meus olhos
Apenas brilham
Esmaecidos pela saudade
Que agora moram neles 

Em cada fato novo
Em cada evento da natureza
Em cada pessoa que me olha
Eu procuro um resquício teu 

Eu queria ser agora
Aquela flor de hibisco
Que se atira ao solo
Só pra ver se o vento leva... 

Mário Feijó
29.02.12
Postar um comentário