Google+ Badge

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

DESCOBRINDO-SE...




Quando eu entrei no teu jardim
Quase fui comido por uma boca-de-leão
Dessas que florescem no verão
Entre rosas, crisântemos e jasmins 

Mas depois ganhei beijinhos-de-moça
Deliciei-me com flores de maracujá
Dizem que maracujá relaxa e acalma
É bem isto o que preciso depois da tua partida... 

Acho que é chagada a hora
De eu tentar encantar-me no lago
Pelo menos sem ti terei Narciso
Em meu lago para me distrair...

E quando um coro de meninos desafinados
Cantarem pra mim não terei dor de cabeça
Porque estarei encantado com a tua luz
Ou com a descoberta de quem eu sou...


Mário Feijó
21.02.12  
Postar um comentário