Google+ Badge

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

ASPIRO E RESPIRO AMOR





Ninguém jamais conseguirá
Avaliar uma dor, de alma ou de amor,
Cada um sabe de si
Mas os outros sempre pensam
Que a dor deles é a maior... 

É que para alguns
O universo gira
Em torno do seu próprio umbigo
E eu sei que todos sofrem
Apenas sei... só isso. 

E a minha dor
Não é a maior
Mas agora é a maior que sinto
Suspiro, aspiro, respiro
Sobrevivendo à minha dor... 

Mário Feijó
09.02.12
Postar um comentário