Google+ Badge

domingo, 26 de fevereiro de 2012

AMOR FELINO






Olhos que se calam
Num beijo quando fazem amor
Boca emudecida
Cala a minha dor 

Num espelho refletem
Meus olhos azuis nos teus
E o corpo se cala
Colado ao outro num cio amoroso 

Tigres enjaulados
Olham-se famintos
Nossos corpos se atraem
Mas não conseguem se tocar 

Um dia qualquer fugirão desta prisão
E numa explosão o amor acontecerá...
Quem precisa de corpo
Quando as almas se encontram?? 

Mário Feijó
26.02.12
Postar um comentário