Google+ Badge

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

RETALHOS


RETALHOS 

Feito menino
Que pula no quintal do vizinho
Para apanhar frutas maduras
Eu roubo do tempo
Instantes de felicidade

Sou um trapaceador do tempo
Um blefe diante da vida
E dela apanho fatias
Engolindo porções de infelicidade 

Aprendo com tudo isto
E percebo que não sou melhor
E quanto mais aprendo
Mais descubro que nada sou... 

Não haveria razão para eu existir
Se não estivesse a serviço da vida
E de retalho em retalho
Eu me descubro cada vez menor... 

Mário Feijó
09.08.12
Postar um comentário