Google+ Badge

sábado, 18 de agosto de 2012

DÁLIA VERMELHA



DÁLIA VERMELHA 

Que amor é este
Que te fez, Dália,
Pensar ser a rainha
Do meu jardim? 

Foste nascendo
Por entre a grama
E devagarzinho
Te abriste toda... 

Passado um tempo
No jardim reinavas
Mais que qualquer flor
Rosa que me encantavas... 

Ah! Minha rosa
Noutro jardim te deixei
Ficaste lá desfolhada por um vendaval...
Dália vermelha eu não te enganei... 

Mário Feijó
18.08.12
Postar um comentário