Google+ Badge

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

O AMOR ME AMPAROU


O AMOR ME AMPAROU 

Nos últimos tempos
Tenho sido quase
Tão etéreo feito tu
No espaço... 

Vivo no ar!
Outro dia ao passar
Deixei voar
Algumas penas 

Alma de anjo?
Corpo de pássaro?
Beijo de hortelã?
Estou ganhando asas! 

Outro dia
Do alto da montanha
Atirei-me ao solo...
O amor me amparou... 

Mário Feijó
29.08.12
Postar um comentário