Google+ Badge

sábado, 18 de agosto de 2012

DESEJOS INCONTIDOS


DESEJOS INCONTIDOS 

A solidão
Joga-nos
Algumas vezes
Em braços não desejados 

E quando vemos
É tarde demais
Estamos neles crucificados 

Desejos incontidos
Nascidos em agosto
Terra nua
Cama quente 

Os lábios ardem
Prisioneiros da luxúria...
Quando ela parte
Depois de rodar todas as ruas...


Mário Feijó
18.08.12
Postar um comentário