Google+ Badge

sábado, 7 de janeiro de 2012

QUEM SE IMPORTA?





Lembra aquele pedaço de plástico
Que o mar joga de um lado para o outro
É um corpo estranho que precisa
De quatrocentos anos para se acabar 

Lá estou eu
Esperando estes milhares de anos
Para que meus sentimentos
Possam também se deteriorar 

Mas quem se importa
Com a preservação do planeta
Além de uns poucos
Fanáticos ecologistas? 

Quem se importará
Com o lixo que eu me tornei
Enquanto espero quatrocentos anos passa?


Mário Feijó
07.01.12

Postar um comentário