Google+ Badge

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

EU ACREDITEI NO AMOR




Eu sou um daqueles
Que ainda acredita
Que neste planeta
Conspiramos para ser felizes

Há um sopro de brisa no ar
Algumas balançaram as flores do campo
Outras sempre me balançaram
E há tufões que nos jogam no penhasco

Eu acreditei na brisa
E ela era um tornado
Que colocou minha vida
De pernas para o ar

Eu queria agora estar em Los Angeles
- A cidade dos Anjos –
Observando do alto da montanha
As revoadas que passam...

Mário Feijó
25.01.12
Postar um comentário