Google+ Badge

domingo, 8 de janeiro de 2012

ALMA EM CONFLITO




A minha paz foi embora com ela
E quando eu olho pra ti
Fico um pouco assustado
Pareço estar diante de um “Pit Bull” 

Eu não me assusto
Com qualquer coisa
Mas tenho medo de cães
E fujo da violência 

Outras vezes eu te olho
E lá no fundo da tu’alma
Pareço encontrar
Aquela paz perdida... 

Se por acaso avançares
Um dia em minhas carnes
Não esqueça de roer até os ossos
Porque a minh’alma vive um inferno...



Mário Feijó

08.01.11


Postar um comentário