Google+ Badge

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

NOSSAS VIDAS



 (o amigo que me amparou e me ajudou no Santuário de Aparecida do Norte)

Eu conheço tua história
Como sendo a minha própria história...
Como pode ser isto?
Tivemos a mesma origem.

Eu ainda estou aqui
E tu pareces viver a minha vida
Ainda tenho corpo, tenho alma
E tu te fazes minha cópia no tempo...

Todos se protegem na colméia
Minha vida era assim
“Um por todos, todos por um”
Tento te ajudar a não cometer os mesmos erros...

Um dia talvez tarde demais
Descubras que deverias viver a tua vida
De te amar e de te permitir ser feliz...

Mário Feijó
31.01.12

Postar um comentário