Google+ Badge

terça-feira, 8 de março de 2011

MULHER – NEM PERFEITA, NEM SANTA




Quando eu sou boa eu sou ótima
Mas quando eu sou má eu sou melhor ainda...

Mae West
Reconheço todos os teus méritos
Mas não vou apagar todos os teus pecados
És a mais doce das criaturas
Mas também a mais perversa quando assim o queres...

Tu me deste a luz
E me trouxeste à vida
Os bens maiores que tenho...

No entanto eu já conheci
O caminho mais curto para o inferno!
Ensinaste-me que eu podia me odiar
Só por te amar demais... e tem mais

Eu sinto muito, mulher
Mas não posso hoje só te enaltecer!
Isto é para aqueles que nos outros dias
Não te respeitam, não têm consideração por ti...

E eu penso que és tão humana
Quanto eu – com qualidades e defeitos –
Por isto eu não te quero num altar
Eu te quero ao meu lado, na minha cama, na minha vida...

Mário Feijó
08.03.11
Postar um comentário