Google+ Badge

sábado, 26 de março de 2011

FLORES DE PLÁSTICO


Eu apenas te queria
Entre as minhas pernas
Embaixo, por cima
Não importa! Eu só te queria...

E tu fazes de conta
Que não me entendes
Quem nem percebestes
A minha tesão explícita...

Eu não queria tua liberdade
Só um pouco do teu carinho
Sentir tuas mãos no meu corpo
E na boca um monte de beijinhos...

Mas tu preferiste a boemia
Restou pra mim
Flores de plástico
E uma imagem na TV...

Mário Feijó
26.03.11
Postar um comentário