Google+ Badge

domingo, 27 de março de 2011

HAIKAIS


XVI

Água-viva
Quando morta
É tsunami...

Mário Feijó
27.03.11

XVII

Grande amor!
Dizia-se sempre-viva
Morreu enganada...

Mário Feijó
27.03.11

XVIII

O vento contou
Muitas verdades
Incrédulos!!!

Mário Feijó
27.03.11
Postar um comentário