Google+ Badge

domingo, 30 de janeiro de 2011

TRINTA MOEDAS DE JANEIRO


Trinta dias se passaram
Desde que o ano começou!
Há mais de dois mil anos
Alguém vendeu alguém por trinta moedas
Parece que a estória não terminou!

As pessoas não aprenderam a lição
E continuam se vendendo e aos outros
Por moedas de qualquer valor
O amor passou a não ter muita importância...

Estou com a consciência tranquila
Porque eu ensinei o valor do amor
Nunca quis propriedades
Muito menos um cofre cheio de dinheiro...

Sempre pensei em construir um ser
Jamais disse que devíamos ter
Mas o mundo tem apelo maior
E o amor deixou de ter o valor que devia...

Mário Feijó
30.01.11

Postar um comentário