Google+ Badge

sábado, 22 de janeiro de 2011

COMEÇOS E FINS




Todo começo
É feito um jardim
Com flores cheirando amor
E no final viram capim...

No começo todo mundo se dá
Mostram um jeito que não é
Pode ser qualquer um dos dois
Seja ele homem ou ela mulher...

Depois de algum tempo
A coisa muda
E quando casam
Fica ainda pior...

Parece que a certidão
É um atestado de relaxamento
E ninguém cuida mais
Do seu jardim...

Então as flores murcham
Outras até secam
E o casamento viva
Um campo de batalha e reclamações...

Mário Feijó
22.01.11  
Postar um comentário