Google+ Badge

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

ENTREGA-TE OU RAPTO-TE...



Quando você chega
Com um jeito de que
Nada quer, nada pede
Fico eu te querendo por inteiro...

Corpo e alma, sorriso de quem
Já levou de mim tudo
O dia ganha nova luz
E você se torna o meu sol...

O que eu faço
Com este amor bissexto
Que não se encaixa
No quebra-cabeça da minha vida?

Rapto-te?  
        Entrego-me?
Ou simplesmente deixo a noite chegar
Só para ver no que vai dar?

Mário Feijó
18.01.11
Postar um comentário