Google+ Badge

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

SÓ EU...


Eu já tive um grande amor
E acreditei que nunca acabaria
Mas descobri que tem gente
Que sabe como matar um amor...

Pouca coisa me restou:
Além do medo de morrer de câncer
Restou a incompreensão dos filhos
E o fato de não saber lidar com a rejeição...

Devia ter aprendido desde criança
Quando não se recebe amor
Mas isto só faz aumentar esta dor
Que foi marcada na alma...

Encontrei minha autoestima lá no chão
Penso que está nos meus pés
- A única coisa bonita em meu corpo –
Além da minh’alma que ninguém vê
Porque só eu a conheço...

Mário Feijó
19.01.11

Postar um comentário