Google+ Badge

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

CORRENDO RISCOS


A morte é um risco constante
Mesmo antes de nascer!
Esquecemos que um dia
Ela será o destino de todos...

Mas não se pode
Brincar com a vida!
Não existe dor maior
Que a da separação pela morte...

“Pior que um filho morto
É conviver com um
Que quer morrer”(*)
E só quem passou por isto
Um dia irá entender...

Corre-se todos os riscos
Ao experimentar a vida
E viver é uma experiência eletrizante
Deixemos a morte como ponto de partida

Ou quem sabe até mesmo de chegada!
Enquanto isto corra todos os riscos
Inebrie-se com a vida...

Mário Feijó
05.01.11

(*) Frase citada no filme MAR ADENTRO, com Javier Barden.


Postar um comentário