Google+ Badge

domingo, 31 de outubro de 2010

GRITO DE AMOR / CANTO DE PAZ



Há um canto de paz
Dentro da minha garganta
Mas do que adianta eu cantar
Se você é surda?

Há um gesto de amor
Nos meus braços estendidos
Mas do que adianta eu acenar
Se você não vê?

Há um clima de amizade
Em meu coração
E do que adianta eu te chamar
Se você não me acredita?

Há uma dor em meu peito
Eu amo você e você não me vê
Eu quero você por perto
E você diverte-se sem mim...  

Mário Feijó
31.10.10
Postar um comentário