Google+ Badge

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

SINTO TUA FALTA



Quisera ter minhas asas
Para voar e te encontrar
Penso que não voarei mais
Depois que cai em um roseiral...

Sinto tua falta, principalmente, dos teus lábios
Cheios de beijos e palavras de amor
E o que mais falta me faz
Depois dos teus lábios é o teu calor
O calor do teu corpo... ah! O teu calor
Quanta falta me faz...

Não sei se algum dia fui anjo
Mas contigo eu voava
Quando não era meu corpo
Era a minha imaginação...
Ah! Que falta faz minhas asas!

Mário Feijó
14.10.10
Postar um comentário