Google+ Badge

terça-feira, 26 de outubro de 2010

MEU CORPO INTEIRO SOFRE DE AMOR


Se você soubesse
Como sofre o meu coração
Jamais faria com que eu sofresse
Tampouco me desprezaria...

O meu coração
Pobre do meu coração
Este só sabe sofrer diante da solidão
E da tua ausência e não deixa de te amar...

Ah! Meu coração
Parece até estar doente sem você
Quem sabe se eu transplantá-lo
Deixarei de sofrer... Não sei...

Penso que não adiantará
Transplantar meu coração
Porque o amor espalhou-se
Feito doença contagiosa em todo o meu corpo...

Ah meu pobre coração
Penso que para curar-me
Só mesmo tua pele, teu calor
E doses suaves do mais terno amor...

Mário Feijó
26.10.10
Postar um comentário