Google+ Badge

domingo, 17 de outubro de 2010

HOUVE VEZES





Houve vezes em que eu me perdia
Quando a noite chegava
Ou quando era alguém que partia

Houve vezes que eu dormia
E nem mesmo sabia
Se era noite ou era mesmo dia

É que há sempre um tempo pra tudo
Mas muitas vezes
Andei pela vida
E não tinha tempo pra nada

Houve vezes que eu era assim
Metade de tudo
Metade de mim
Houve vezes em que eu inteiro me parti...

Mário Feijó
17.10.10
Postar um comentário