Google+ Badge

sábado, 9 de agosto de 2014

OS DOIS LADOS DO AMOR



OS DOIS LADOS DO AMOR

Há sempre duas versões para tudo
E com o amor também é assim

Há o lado bom do amor
E o lado perverso que ele tem

Por amor fazemos muita coisa
E em nome dele cometemos loucuras

Há crimes cometidos em nome do amor
Porque com facilidade o amor vira ódio

Pensamos no amor como algo
Grandioso e forte e para usufruir do amor
Passamos por cima de tudo e de todos
Que por nossos caminhos cruzam

Sim! Eu tenho medo do amor
Do que ele nos obriga algumas vezes a fazer...

Mário Feijó
09.08.14
Postar um comentário