Google+ Badge

sábado, 2 de agosto de 2014

CHEGA DE ADEUS



CHEGA DE ADEUS

A vida não nos ensinou
A dizer adeus a quem amamos
Porque com certa facilidade
Amamos pessoas, animais e coisas

Cedo mãe foi embora
Quando no dia anterior estava sorrindo
E eu nem pude dizer
O quanto lhe amava

Muito mais, mas muito mais cedo
Meu filho mais moço fez o mesmo
E pelo pouco amor que lhe dei
Ficou uma sensação de culpa

Minha avó foi tarde
Não num sentido maldoso
Viveu intensamente quase cem anos
Deixou em mim a semente de todos os amores...

Mário Feijó
03.08.14

Postar um comentário