Google+ Badge

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

É ESTRANHO



É ESTRANHO

Tudo é muito estranho
Quando você percebe
Que não se conhece mais...

Quando você faz amor
Sem amar a pessoa
Que se deita em sua cama
E partilha com ela sua intimidade

Fica mais estranho ainda
Quando você jurava
Que só faria amor por amor

Também é muito estranho
Quando você beija alguém
E percebe que não mais se apaixona
Toda vez que beija pela primeira vez...

Nesta hora você percebe
Que não é mais um adolescente
Que talvez esteja ficando velho demais
Para se apaixonar ou para amar novamente...

Mário Feijó
25.12.12
Postar um comentário