Google+ Badge

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

TU AGORA BRILHAS


Sou um vampiro
Querendo sugar tua juventude
A tua seiva vital
Para sobreviver em minha velhice

Para energia revigora
Meu corpo cansado
Pálido sob a luz do luar
Estrela que se apaga
Sugada por um buraco negro...

Em minha constelação
És a estrela máxima.
O brilho que era meu
Agora é teu, é tua vida...

Estrelas brilham
Muitas já não existem
Suas luzes continuam
Viajando no tempo...

Mário Feijó
22.11.10


Postar um comentário