Google+ Badge

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

ONDE ESTÁS?






Houve um barulho de trovão
Você correndo veio
Escondeu-se muito próxima
Bem ao alcance da minha mão...

Meio lânguida
Meio assustada
Completamente dócil
Gata ressabiada...

Era uma tarde de outono
Não havia frio
Mas mesmo que houvesse
O calor de nossos corpos
Um ao outro esquentaria...

E agora onde estás?
Desde aquele dia
Da tua completa entrega
Que eu não te vejo mais...

Em qual telhado andarás?
Isto eu ainda me pergunto!
Sem querer mudar de assunto...

Mário Feijó
11.11.10
Postar um comentário