Google+ Badge

domingo, 14 de novembro de 2010

EU ACREDITEI NO AMOR



Houve dias que eu acreditei
No sol, na lua, nas estrelas
Acreditei que eu existia
E que era feliz contigo...

Houve noites que eu acreditei
Que só o amor me bastaria
Que eu não precisaria de mais nada
Para poder sobreviver e ser feliz...

Houve dias que eu acreditei
Nas palavras que o vento me trazia
Acreditei nas flores que se abriam
Acreditei na água da chuva e do sereno...

Houve dias e noites que eu acreditei em ti
O tempo passou e eu descobri que não existo
Que você foi apenas uma ilusão
Que o vento não me dizia nada
E que a chuva era apenas
Minhas lágrimas procurando o mar...

Mário Feijó
14.11.10

Postar um comentário