Google+ Badge

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

A EMOÇÃO NA CONSTRUÇÃO DE UM POEMA





Outro dia me disseram
Que poema não pode ter emoção
Que poema para ser poema
Precisa somente de construção...

Khalil Gibran diz que
“A alma do poeta está em seu coração”
Então eu pergunto: como posso
Despir-me de minh’alma para falar de amor?

Como posso esquecer o pulsar do meu coração
Como posso esquecer cada gota de suor
Cada célula de hemoglobina
Simplesmente para preocupar-me com a métrica?

Será que eu tenho mesmo que fazer
Tudo isto somente para agradar aos críticos?
Tenho que pensar que todos temos um coração
Que se não estiver batendo faz meu cérebro parar...

Mário Feijó
15.11.10
Postar um comentário