Google+ Badge

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O FUTURO SE FAZ PRESENTE



Espero a chuva cair
Para ver o arco-íris
E imaginar que dentro dele
Eu possa encontrar a mim mesmo

Eu já não penso no infinito
Tudo dura apenas momentos
E os anjos já se passam
Na velocidade da luz

Eu era apenas um passageiro do tempo
E o tinha em minhas mãos
Enquanto era jovem e forte

Agora sou seu refém
Corro para deixar algumas marcas
E virei fantoche do meu destino...



Mário Feijó
01.09.10
Postar um comentário