Google+ Badge

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

BASTAVA QUE TU ME OUVISSE

Todos os dias de nossa vida em comum
Foram dias de carinho e de muito amor
Até o dia em que você se acostumou
A ser amada e não precisar amar...

Tudo eu fazia por ti
Tudo eu fazia por nosso amor
Não cansava de servir você
Pensava somente em te agradar...

Você deixou de investir em nós
Passou a investir mais em você
Bastava que eu te amasse...

Você não mais me ouvia nem me via
Não me percebia mais
E por mais que eu gritasse
Você não mais me ouvia...

Acho que foi assim
Que o nosso amor morreu
Sem deixar recados
Morreu somente...

Não basta ser amado
Temos que investir sempre
Em quem está do nosso lado...

Mário Feijó
01.09.09
Postar um comentário