Google+ Badge

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

POUCO: MUITAS VEZES É MUITO

POUCO: MUITAS VEZES É MUITO

Ser feliz
         É o que me basta
E que minha solidão
         Esteja sempre cheia da luz
Cheia da brisa fresca
         Que só os verões têm
Eu sou feliz comigo
         Sou feliz com o que vejo
E agradeço por tudo o que tenho
         E por sentir amor no coração...


Mário Feijó

01.01.15
Postar um comentário