Google+ Badge

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

GATA NO CIO

GATA NO CIO

A gata no cio ronronava
Arrastando-se no chão
Desesperada queria amor

Prisioneira de humanos
A gata não entendia por quê
Não podia vadiar nos telhados
Subir em árvores atrás de pardais

Lá no térreo ronronava
Um gato malhado
Que percebera
Sua paixão adolescente

E pela sacada a gata no cio ronronava
Vestidos de pássaros seus sonhos
Asas criaram e a gata no cio
Lá do alto se atirou...

Mário Feijó
13.01.15


P.S. a gata teve que colocar pinos nas pernas, mas sobreviveu e hoje já sonha com gatos que não sejam castrados.
Postar um comentário