Google+ Badge

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

INVERTENDO PAPÉIS

INVERTENDO PAPÉIS

Quando tu foste embora
Cheguei a procurar
Se não terias deixado
Sobre o criado mudo
Algumas moedas

Foi um amor tão frio
Como se eu tivera sido
Uma mera prostituta
Que tu usas
E depois dás adeus

Há amores assim
Que nos usam e partem
Enquanto o que queremos
É alguém que esquente
A nossa cama e nosso corpo

Nem uma palavra houve
Tudo era mecânico
A paixão e o amor feito.
Queria mais de ti
Queria também respeito

Por sorte não somos mais adolescentes
Amor igual ao teu não me fere mais,
Nem quando chegas nem quando vais
E da janela te atirei algumas moedas
Quiçá te pague o metrô ou te sirvam
Para comprar alguns pães ou mais amor

Mário Feijó

20.01.15
Postar um comentário