Google+ Badge

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

DOLCE D’ITÁLIA

DOLCE D’ITÁLIA

Tão suave quanto
Uma rajada de vento
Numa tarde de calor
Tu foste chegando

Tão doce quanto o mel
Entre as árvores
Numa tarde chuvosa
Numa noite escura

Depois de um café
Tudo foi mágico
Pássaros cantavam
E nos meus olhos havia estrelas

Doçura é sempre bom
E com amigos dá prazer
É como conhecer o paraíso na terra
Tendo a doçura nos lábios...

Mário Feijó

03.11.14
Postar um comentário