Google+ Badge

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

DOA-SE UM CORAÇÃO

DOA-SE UM CORAÇÃO

Eu não tenho nada
Eu queria te dar alguma coisa
Mas como vou te dar algo
Se eu estou vazio?

Houve em meu peito
Uma montanha de amor
Mas a última mulher que a escalou
Transformou tudo em cinzas

Eu não tenho nada
Não tenho propriedades
E estou proibido de pensar
Que possa querer te amar

Eu estou mesmo vazio e no vazio
Não tenho mais braços para te abraçar
Para te buscar só restou meu coração
Que bate lentamente... é ele que eu quero te dar...

Mário Feijó
06.11.14


Postar um comentário