Google+ Badge

terça-feira, 4 de novembro de 2014

DOCE É A VIDA

DOCE É A VIDA

Tão simples quanto
         Cheiro de mato
         Passarinho cantando
         Perdizes no quintal
         Barulho da chuva
         Beijo na boca
         Passear de mãos dadas

Quero olhar pra você
E sentir o prazer
De tocar suavemente o teu corpo
Morder teu pescoço
E afundar dentro de ti

Há poesia no amor
Mesmo quem não sabe
Escrever poemas sente
Que não somente o mel é doce
Mas a vida com amor...

Mário Feijó

04.11.14  
Postar um comentário