Google+ Badge

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

GATO ENCANTADO



GATO ENCANTADO

Eu queria encantar pessoas
E que elas descobrissem
Que o amor é essencial
Que todos aprendessem a amar o próximo
Mas que não deixassem
De amar a si próprios
Que as pessoas se encantassem consigo
Porém descubro que as palavras
São levadas pelo vento
Então quando chego em casa
Há na minha porta
Cinco gatos malandros
Que me esperam
São gatos de rua
Que esperam minha ração
Algumas vezes eu penso
Que eles ouviram minhas palavras
Que o vento levou
Que se encantaram
Com meus poemas jogados ao vento...

Mário Feijó
05.12.13
Postar um comentário