Google+ Badge

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

ESCRAVO



ESCRAVO

Ela tenta tirar dele
O leite que não tem
Ele dá e quer amor
Ela apenas o vigor da sua juventude

Virou passional
Ninguém se leva a sério
E quando a confiança vai embora
Ele busca a certeza
Ela oferece apenas dúvidas

Há um jogo entre os dois
Ele com ela é o dono do universo
Ela sente-se prisioneira
No mundo dele é estranha

Agora ele é apenas
Um bichinho acuado e dependente
Ela já percebeu que tem nele
Um escravo fiel...

Mário Feijó
23.12.13
Postar um comentário